Modelos de Anéis de Prata Femininos: Fotos, Dicas, Imagens

O anel é um adereço muito usado pelas mulheres e também homens, hoje em dia. Não existe distinção, homens e mulheres usam anéis, e mesmo o anel de ouro sendo o preferido de todos, o anel de prata também é muito usado. Assim como todo anel, o de prata também requer alguns cuidados no seu uso diário. Mas antes de falar sobre como você deve cuidar e limpar seu anel de prata, vamos voltar um pouco na história e descobrir onde surgiu o anel.

História

O anel é bem antigo, existe registro na bíblia de que as mulheres se adornavam com colares e anéis. Entre os gregos e romanos o anel só era usado por alguns homens e ele significava que o cidadão que possuía o anel era bem feitor e digno de receber honra, nessa época só os nobres usavam anel. Ele também era usado para a autenticação de documentos, o anel tinha um símbolo ou brasão que remetia a honra, fidelidade entre outros.

Já o anel como símbolo de casamento surgiu entre os romanos e gregos e é usado no quarto dedo porque eles acreditavam que a veia que ia até o coração passava por lá, e esse costume é usado até hoje. A mitologia Japonesa adotava o uso dos anéis em todos os dedos e só podiam ser tirados após a morte.

Os anéis são usados há muitos anos e em cada época ele ganhava um significado e uma função, já foi visto como símbolo de riqueza. Hoje os anéis são bem comuns e existem de todos os tipos, desde anéis com pedras preciosas até anéis de latão e coco.

Cuidado com o anel de prata

Se você tem um anel de prata sabe muito bem que ele escurece, esse é um processo natural de oxidação da prata e não acontece porque o material que você comprou é ruim ou não é prata. A prata é um metal muito sensível, não pode ficar exposto por muito tempo no calor e na umidade, além disso, a prata não pode entrar em contato com cremes, pomadas, perfumes, loções ou algo do tipo. E mesmo assim a oxidação vai acontecer, por isso, para voltar ao brilho natural é preciso fazer o polimento.

Para você manter seu anel de prata por mais tempo, você deve tomar alguns cuidados como:

  • Evitar contato com suor, cosméticos e medicamentos, para não acelerar a oxidação.
  • Mantenha o anel guardado na própria caixa, ou em qualquer saquinho, ele deve estar protegido da luz.
  • Evite contato com produtos químicos como cloro da piscina e produto de limpeza.

Para limpar o anel você pode usar a chamada flanela mágica, ela contém uma química especial que realça o brilho, mas essa flanela não pode ser molhada. Outra opção é um limpa pratas liquido, ele é próprio para tirar a oxidação profunda da peça. Para usar você deve seguir ar regras da embalagem. Você já deve ter ouvido falar que creme dental ajuda a limpar a joia, pode até ajudar a limpar alguma, mas a prata não. A pasta pode arranhar o anel, pois é um abrasivo.

Leia também:

A pureza da prata

O anel de prata que você tem em casa não é 100% prata. Não importa o preço que você pagou por ele, ele nunca vai ser completamente de prata, isso porque a prata em estado puro é mole e frágil. Para ela tornar um anel ou qualquer outra joia, ela precisa de liga e é misturando com outros metais que ela pode ficar como vemos nas lojas. Com o ouro é a mesma coisa, ele também precisa ser misturado com outros metais para ficar mais forte e resistente.

É por isso que quando você vai comprar uma joia em prata ela possui classificação, por exemplo, a prata 950 é a classificação da prata com o cobre, dessa forma 950g de 1000g é prata e o restante é cobre. Também existe o padrão 925. Essa é uma lei conhecida com Prata de lei que orienta e puni que fabrica peças com menor quantidade que essas citadas. Para você ter uma ideia, essa lei foi criada no século XIII pelo rei de Portugal Dom Afonso II e é mantida até hoje como padrão internacional de fabricação.

O que você achou dos modelos de anéis de prata? Comente!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!