Traje Social Completo Feminino e Masculino

Traje social completo é uma obrigação em algumas profissões como advogado, juiz e administradores em reuniões de negócios. Também pode ser exigido em reuniões, contato com a imprensa, cargos políticos de qualquer tipo e até mesmo por jornalista dependendo do entrevistado. Gerentes de banco costumam usar também para transparecer mais confiança. Casamentos à noite, formaturas e festa de debutante também. Logo, é preciso ter um no armário, pois algumas das ocasiões listadas acima sempre se farão presente em sua agenda ao menos uma vez ao ano, não? Vale a pena.

Algumas pessoas pensam em investir alto em traje social mas pensam em seu uso. Caso seja esporádico, não vale a pena. Há sempre boas lojas tanto online como em sua cidade prontas para fornecer o produto por um curto período de tempo e no geral com 20% do custo de uma compra. Se não faz parte do seu dia a dia no closet, talvez não valha a pena mesmo o investimento. O corpo engorda e as medidas extras podem te fazer perder as peças, no geral não muito caras.

Uma dúvida comum é: quanto investir em um traje social completo? A resposta é: depende. Modelos simples para um evento pontual como festa de debutante, formatura e casamento podem sair por R$ 300 ou traje de igreja tradicional. Já os mais rebuscados, de marcas famosas ou grifes não saem por menos de R$ 1 mil. O custo com um alfaiate para elas e costureira para elas também pode variar de acordo com o tecido, corte e mão de obra. Há quem gaste em um terno completo mais de R$ 2 mil mas pela beleza do conjunto, vale bastante a pena.

Traje Social Completo masculino

O traje social completo masculino é composto por calça, camiseta com botões frontais e manga longa, gravata, paletó e sapato social. A combinação de mesmo tecido de calça e blusa é chamada de terno e pode ter algumas variações, como usar bolso na lateral direita do paletó, gravata longa ou mais curta, gravata borboleta para casamentos, a ausência de gravata para ambiente empresarial, dentre outras variações.

Não existem regras quanto as cores, todas são sociais, apesar de traje social escuro para os homens ser o mais popular por conta dos conceitos de alfaiataria. Ternos em cor única são mais queridos para casamentos e funerais (sim, dependendo do funeral, é necessário o traje social), enquanto as listras e xadrez são permitidas em ambientes meramente formais, como um banco ou em sua empresa na gestão empresarial.

Algumas regras no traje social masculino são importantes para seguir. Uma delas é não deixar a manga do paletó cobrir a mão, ela deve acabar no pulso. A calça também não deve arrastar no chão, mas é importante tocar no salto do sapato e cobrir um pouco a meia.

Confira também:

Traje Social Completo feminino

A modelagem mais comum é o uso de terninho e calça social, uma migração da alfaiataria do closet masculino para elas. O terno mais longo é indicado, indo abaixo da cintura. Os modelos mais curtos são mais jovens, ideais para empresárias de até 30 anos.

A dúvida comum é quando se trata de traje social feminino para festas. O que cai bem e o que não cai? Se o pedido é por traje social, o vestido de festa e o salto alto fazem parte da regra. Se for um evento de empresa ou festa chique é ideal usar os modelos longos, em especial a noite. Os decotes estão fora de cogitação para ambientes formais, em especial com relacionamento com clientes e colegas de trabalho. Modelos marcantes nas curvas também não são indicados se você tem curvas a mais e transparência em traje social não é o indicado. Deixe para um evento mais íntimo e despojado ou seu primeiro encontro.

Comente!

One Comment

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!