Modelos de Tangas Femininas: Fotos, Modelos, Imagens

Escolher a calcinha certa para cada momento e para quando vestir determinadas roupas, faz toda diferença se você quer um bom resultado. As tangas ajudam a moldar mais o corpo, pois não possuem costuras. Diferente das tangas convencionais, as mais modernas possuem um tamanho mediano, não sendo grandes como as mais antigas, nem tão pequenas como as calcinhas convencionais.

Com cintura alta ou baixa, você precisa conhecer alguns detalhes sobre tangas femininas antes de sair comprando qualquer uma. Saiba mais.
Bumbum pequeno? Aposte em tangas!

Devido o seu corte e modelagem, as tangas tornam-se favoráveis para quem não tem aquele bumbum muito avantajado. Elas formam uma diagonal na parte traseira, dando aquela aparência de um bumbum mais volumoso e arrebitado. Apesar de cair muito bem para qualquer tipo de corpo, as mulheres magrinhas acabam se favorecendo devido este detalhe.

Mais dicas de moda

Peça coringa

Como foi dito mais acima, a tanga feminina é bem democrática. Ela combina com qualquer tipo de corpo. As mulheres mais cheinhas podem optar por modelos com a lateral larga. Além de não marcar seu corpo, vai evitar que você fique com aquele pneuzinho saltando. As magrinhas já têm a liberdade de escolherem os modelos menores, mas ainda assim devem evitar peças muito apertadas se não quiserem que a mesma marque o corpo.

Tipos de tangas femininas

Apesar de terem o recorte da modelagem muito semelhante, existem diferentes tipos de tangas femininas no mercado. Você precisa conhecer cada uma delas para saber exatamente qual a que combina mais com seu corpo.

Veja, por exemplo:

  • Tanga em Y: elas também são consideradas como tapa-sexo. Muito populares no carnaval do Brasil, em desfiles de escolas de samba. As tangas femininas em Y são assim chamadas porque possuem um aro traseiro e a parte frontal dela de fato se assemelha à letra em questão. Não é muito popular para o uso diário.
  • Tanga tipo G: esse modelo de tanga é muito popular, sendo aquela peça mais cavadinha atrás, podendo chegar à ser usada como fio dental.
  • Tanga em T: o modelo de tanga feminina com recorte em T, também é chamado popularmente de fio dental. A denominação se dá devido ter a parte traseira muito estreita e quando se cruza com a costura da cintura, de fato se assemelha à letra em questão.
  • Tanga em V: é o mesmo modelo da tanga feminina com recorte em G. A diferença entre as duas é que a parte traseira dessa calcinha é totalmente ou parcialmente transparente. Dessa forma, o recorte se assemelha à letra V. Também pode ser maior ou mais cavadinha, dependendo do seu gosto pessoal.

Agora que você já conhece cada um desses tipos de tangas femininas, basta optar por aquele que mais lhe deixa confortável. Lembre-se também de escolher um tecido refrescante e maleável.

Curiosidade

As tangas ganharam popularidade aqui no Brasil em meados dos anos 70, quando eram muito usadas por dançarinas e também durante o carnaval, como foi citado mais acima. Apesar disso, índias e também índios já usavam esse tipo de vestimenta desde tempos remotos, principalmente na África.

Confira:

O que você achou das fotos de tangas femininas? Comente!

One Comment

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!