Piercings de Argola no Nariz, na Orelha e na Boca

Você pode até achar que piercings é coisa da moda atual, mas fato é que furar o corpo acompanha gerações há pelo menos 5 mil anos.

Comunidades egípcias, indianas e romanas aderiam aos acessórios que eram vistos como sinal de riqueza , vitalidade, prosperidade e beleza.

Os piercings de argola foram popularizados nas culturas do Oriente Médio e parte da Índia. O objeto equivalia a um anel de casamento para firmar compromisso e relação eterna. Até os anos 60 essa prática era uma moda na região,.

Os piercings podem ser produzidos à partir de diversos metais como Teflon e o Titânio, que oferecem menos riscos de alegrias e inflamações e por isso são mais utilizados em estúdios de body art.

Atualmente os piercings de argola são os mais procurados para os marinheiros de primeira viagem.

As argolas caem muito bem nas orelhas, apesar de exigir mais cuidado na hora de pentear os cabelos joias nas orelhas e representam riqueza, pelos menos antigamente os romanos e tribos do da África utilizam para demonstrar luxo.

No nariz é muito comum que as mulheres usem piercing de argola no nariz e os homens prefiram ao septo por dar harmonia aos traços masculinos.

Os piercings de sobrancelhas também combinam com as argolas, que são mais fáceis de limpar e não pressionam a região perfurada diminuindo a incidências de alegrias e infecções.

Os povos astecas e maias acreditavam que as argolas na língua melhoravam a comunicação e relação com os Deuses.

Os lábios também podem receber as argolas que dão um up no visual criando uma sensação de sensualidade.

Na África dos séculos passados, piercings na região dos lábios eram colocados pelas mulheres para atrair homens e podem ser colocados no lábio inferior ou superior como dita a moda atual.

Você também vai gostar de ler:

As argolas no mamilo eram colocadas por americanos da região central como símbolo de forte e virilidade. Com o passar do tempo, no século retrasado foi moda em as mulheres vitorianas que gastam fortunas em joias para os seis.

O umbigo é o lugar mais procurado pelas mulheres na hora de fazer um piercing, mas no Egito antigo apenas os faraós e os familiares podiam perfurar o umbigo.

Se você vai optar por colocar piercings de argola as dicas de higiene são fundamentais para um resultado bonito e livre de problemas.

Ao perfurar qualquer parte do corpo atente-se para a recuperação ingerir alimentos gordurosos, como carnes de porco e chocolate atrapalham no processo de cicatrização da pele.

Deixar sempre a área bem limpa com sabonetes anti bactérias, soro fisiológico e pomadas antiinflmatórias reduzem a possibilidade de infecções no local.

Nunca nem jamais compartilhe brincos, piercings com qualquer pessoa que seja, as joias são pessoais e intransferíveis para evitar a transmissão de doenças.

Evite a exposição do sol, o calor e suor aumentam a irritação na pele e facilita a proliferação de bactérias.
Se você está disposto a tomar os cuidados necessários, vá em frente para aderir a moda.

O que você achou dos modelos de piercings de argola? Deixe um comentário!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!