Piercing no Freio Inferior, Superior, Freio, Modelos, Fotos

Conheça mais sobre a moda do piercing no freio

Embora o piercing em geral seja bastante comum entre as pessoas mais jovens, há quem deseje se diferenciar ainda mais e por isso acabe optando por um tipo de piercing incomum, como é o caso do piercing no freio. O piercing no freio é um tipo diferente de piercing na boca, já que é localizado em regiões sensíveis e pouco usuais.

Por ser uma região propensa a infecções, entretanto, é indispensável escolher um profissional de confiança para garantir que o seu piercing seja bem feito e que não te traga complicações. Além disso, após escolher onde colocar o piercing no freio, os cuidados são fundamentais para uma boa experiência.

Tipos de piercing no freio

O piercing no freio pode ser colocado, basicamente, em dois lugares: no freio superior e no freio inferior. Por serem regiões delicadas, é preciso cuidado e responsabilidade para cuidar e conseguir um visual diferente e que irá chamar a atenção.

– Piercing no freio superior

O piercing no freio superior é colocado através de uma perfuração feita entre a fina pele que une o lábio superior à gengiva. Também chamado de smile ou smiley, esse tipo de piercing fica evidente quando a pessoa sorri, ficando logo acima dos dentes.

Para esse tipo de piercing são escolhidas jóias em forma de argola, que podem ou não ser coloridas.

– Piercing no freio inferior

Também chamado de piercing no freio da língua, o piercing no freio inferior implica em uma perfuração feita na pele que liga a língua com a boca. Algumas pessoas, entretanto, possuem essa região diminuída após terem sido submetidas à cirurgia por questões fonoaudiólogas.

Esse tipo de piercing também possui a argola como jóia, podendo-se, também, utilizar uma jóia do tipo bastão, com uma esfera metálica em cada extremidade.

Tempo de cicatrização do piercing no freio

O tempo de cicatrização inicial do piercing no freio vária entre 30 e 40 dias, podendo, entretanto, estender-se o prazo, caso a caso. A cicatrização dependerá, basicamente, da sua saúde e também dos cuidados que você tomar. Já a cicatrização completa e segura pode levar de 2 a 4 meses.

Dessa forma, quanto mais cuidadosa você for ao cuidar do seu piercing no freio, maiores as chances de você conseguir uma cicatrização completa mais rapidamente. Além disso, o piercing não deve ser trocado antes do tempo de cicatrização completa.

Coloquei o piercing no freio. E agora?

Se você já está com o seu piercing no freio a postos, é chegada a hora de tomar todos os cuidados para que você não se arrependa da decisão. É indispensável disciplina e responsabilidade na hora de cuidar do piercing no freio, o que garantirá um resultado final satisfatório.

– Higienize diariamente

Diferentemente dos outros tipos de piercing, o piercing no freio pode e deve ser retirado todos os dias para que você promova a higienização. Assim, após se alimentar você deve retirar o piercing, passar fio dental, escovar os dentes e utilizar enxaguante bucal para evitar as bactérias bucais.

Além disso, ao mexer no piercing esteja sempre com as mãos limpas e higienizadas para não contaminar o local.

– Evite contato com objetos compartilhados

Pelo menos no processo inicial de cicatrização o melhor a se fazer é evitar o contato com objetos compartilhados com outras pessoas, como talheres e copos, pois isso pode elevar o risco de contaminação e infecção.

Além disso, evite locais públicos como piscinas para evitar o contato com bactérias que podem te causar uma infecção.

– Tente não beijar

Pode parecer uma dica atípica, mas no começo da sua cicatrização o ideal é que você evite o contato com a saliva de outras pessoas, inclusive e principalmente no beijo. Esse cuidado merece atenção ainda maior se você não tem um parceiro ou parceira fixa.

– Não consuma alimentos gordurosos

A sua alimentação também precisará de adaptações num momento inicial e para ajudar a cicatrização você deve evitar alimentos com muita gordura ou que possam atrapalhar de algum modo a sua cicatrização.

– Não mexa no piercing

Exceto na hora da higienização, não fique mexendo no piercing – nem com as mãos e nem com a língua. Ao mexer no piercing você corre o risco de causar uma infecção ou algum tipo de machucado.

Confira também os artigos:

Riscos do piercing no freio

O piercing no freio, entretanto, traz riscos com a sua aplicação mesmo com todos os cuidados sendo tomados. Dentre os riscos possíveis estão inchaço, sangramento, modificação temporária da fala, dificuldade para comer, retração da gengiva, dor, danificação dentária e até mesmo transmissão de doenças como HPV e hepatite C.

Em alguns casos, o piercing no freio e na boca em geral pode favorecer o aparecimento de câncer bucal.

Tomando os cuidados necessários e com responsabilidade, o seu piercing no freio tem tudo para ser um acessório a mais no seu visual.

O que você achou das dicas sobre piercings no freio? Deixe um comentário!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!