Como Usar Saia Justa: com Camisa, Blusa, Bota, Tênis

Conheça dicas de como usar saia justa nas suas produções

A saia justa é a preferida de muitas mulheres que encontram na peça o toque de sensualidade e ousadia que procuravam para suas produções. Porém, como qualquer peça de roupa, a saia justa quando usada de forma errada pode comprometer todo o visual. Conheça dicas de como usar saia justa nas suas produções e arrase em qualquer ocasião.

TOME CUIDADO COM A PARTE DE TRÁS

Ao experimentar uma saia justa, faça questão de observar como o caimento da peça ficou na parte de trás e, de preferência, ande para conferir como ficará. O ideal é que a saia justa não marque demais seu bumbum e não forme vincos.

Além disso, se o tecido for muito justo e você tiver muito bumbum, corre o risco de a saia ficar transparente na região, por isso, tome cuidado.

COMPRIMENTO PERFEITO

O comprimento certeiro da saia justa deve ser na altura do joelho, no caso da saia lápis ou um palmo para cima, no caso da minissaia. Pela peça já ser justa, se você optar por um modelo com comprimento curto, poderá comprometer o visual e deixá-la desconfortável. Para não errar, portanto, aposte na saia lápis se tiver dúvidas.

INVISTA NAS FENDAS

Saia justa sem fendas irá causar dificuldades para você andar, portanto se o comprimento for a partir do joelho invista nas fendas, que devem ser sutis. Opte pelas que vão até a coxa e que te dão liberdade de movimento.

UM POUCO DE ELASTANO VAI BEM

Na hora de escolher a sua saia justa, opte pelos tecidos que tenham um pouco de elastano, ou seja, que sejam mais maleáveis, evitando que sua saia marque ou forme vincos. O elastano fará com que a peça caia melhor no seu corpo e se adapte às suas curvas.

PARA MULHERES COM QUADRIL LARGO

Mulheres com quadril largo devem utilizar a saia justa com cautela, já que pode marcar ainda mais a região. Além disso, os tecidos mais estruturados são mais indicados, além de dar preferência a saias que não tenham detalhes adicionais no quadril, como babados.

PARA MULHERES BAIXINHAS

Já as mulheres baixinhas devem tomar cuidado na hora de escolher o comprimento da saia justa, já que uma saia lápis muito comprida, por exemplo, pode achatar a silhueta e diminuir sua altura aparente.

CUIDADO COM OS TECIDOS FINOS

Se a saia justa for feita de tecido fino ou leve, faça questão de usar um suporte por baixo, como as anáguas, que são opções perfeitas. Prefira, entretanto, as mais lisas para não interferir nem na cor e nem no caimento e modelagem do visual.

Anáguas e peças de segunda pele em geral farão a peça cair melhor e não irá marcar a roupa íntima ou regiões do seu corpo, como possíveis celulites.

COMO COMBINAR A SAIA JUSTA

Além de saber escolher corretamente a saia justa, é importante que você saiba como combiná-la para usar em suas produções sem erro.

* SAIA LÁPIS

Dentre as saias justas, a saia lápis é a que possui o aspecto mais formal, sendo bem justa nos quadris, mas de comprimento na altura ou abaixo do joelho. Dessa forma, o ideal é utilizá-la em situações mais sóbrias e formais, como um evento que pede refinamento ou mesmo no trabalho.

Para usar a saia justa do tipo lápis combine-a com camisas de seda e camisas sociais em geral, que podem ou não ser estampadas. Um blazer acinturado para os dias mais amenos completa o visual. Os sapatos, por sua vez, devem ser, preferencialmente, de salto fino.

* MINISSAIA

Já a minissaia é amada desde a sua invenção e sua versão justa é uma das mais clássicas existentes. Além disso, pode ser feita em diversos materiais, como malha, renda ou mesmo de couro, possibilitando a criação de visuais diversos.

Nesses casos dá para usar a saia justa com uma camisa, t shirt ou camiseta estilosa , com estampa ou não. Para uma pegada rocker, o ideal é combinar minissaia de couro com jaqueta do tipo aviador e botas motorcycle. Já para um visual mais romântico blusas mais folgadas dão o contraponto ideal para a modelagem mais justa da parte de baixo.

A minissaia pode ser usada com sapatilhas, sandálias rasteiras, botas e sapatos de salto e tudo depende do estilo do resto da produção.

* SAIA BANDAGE

A saia bandage recebe esse nome porque lembra a aparência de ataduras ao redor do corpo, já que possui um aspecto estriado. A diferença entre a saia bandage e a minissaia é que a saia bandage possui uma cintura alta, enquanto a minissaia, uma cintura normal.

Por ter um apelo muito sensual o ideal é que você combine a saia bandage com peças mais delicadas, com menos decote e de tecido mais fluido, harmozinando o visual. Também dá para criar um visual urbano e combiná-la com tricô e tênis.

Saber como usar saia justa fará com que você monte looks perfeitos e com o toque na medida de sensualidade.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar!